Tá tudo uma bagunça! E agora?

Brasil, trânsito, educação, Brasil, chefe chato, fila no banco, desemprego, Brasil… Bah! Não, pessoal, esse texto não é sobre a situação do Brasil. Ufa! Tenho certeza de que estamos todos cansados de ver notícias todos os dias sobre a crise no país (que não é de agora, mas se estende há anos) e ainda por cima lidar com a nossa própria vida. Quem não se sente assim que atire a primeira pedra.

Pois é, quando temos a sensação de que está tudo uma bagunça é melhor nem pensar em problemas complexos e de difícil solução como essa crise econômica que estamos tendo que lidar. Vamos falar de coisa boa: cérebros e comportamento humano!

Sempre que estou em rodas e conversas sociais as pessoas estão reclamando de alguma coisa do tipo: “não consigo me organizar”, “estou com um montão de trabalhos pra fazer”, “tenho contas pra pagar, mas esqueço (ou pior, perco o boleto), “esqueço do café que marquei com a vizinha”, “tô perdida nos meus prazos”, vixi! Que bagunça!

Mas que diabos o cérebro tem a ver com esses problemas diários? TUDO! Essa bagunça toda, ou melhor dizendo, essa dificuldade na execução das tarefas que temos a cumprir no trabalho, em casa, ou em outros ambientes é resultado da soma de pelo menos dois fatores: 1) excesso de tarefas a cumprir, e 2) falta de organização e dificuldade de planejamento.bagunca

Quando temos muito o que fazer durante o dia e não reservamos alguns minutos para planejar nossa rotina, aí a coisa complica mesmo, nos atrapalhamos, deixamos coisas por fazer, nos sentimos cansados e com sensação de que não fizemos o suficiente.

Do ponto de vista cerebral, o córtex pré-frontal (a parte da frente do cérebro, localizado atrás da testa) é responsável por gerenciar nossos pensamentos (cognições) e nossos comportamentos. Na literatura científica é comum lermos o termo “o maestro da orquestra” para descrever essa região, porque é exatamente o que ela faz: comanda as outras funções como raciocínio, tomada de decisão, planejamento, atenção seletiva, manutenção e manipulação mental das informações, flexibilidade mental, elaboração de estratégias, enfim… várias funções importantes que controlam e regulam nossos comportamentos. É o que chamamos de nosso “controlador executivo”, aquele que nos ajuda a executar as tarefas do dia a dia.

Como podemos ver, há muitas funções sendo realizadas por essa região que está subcorticalmente conectada a tantas outras dentro do nosso cérebro. Por isso, se o deixarmos muito sobrecarregado, pensando em tudo o que temos que fazer e de uma só vez, revisando mentalmente as tarefas que temos pra fazer durante o dia, ou com aquela sensação de que você não cumpriu nem metade do que deveria e já está morto(a) de cansado(a), das duas uma: ou você realmente está todo(a) bagunçado(a), ou você nem percebeu que fez boa parte do que deveria e só não se deu conta pela falta de organização.

Bom, mas e agora, o que fazer? Fiquem felizes, queridos leitores, porque agora proponho algumas sugestões (estratégias comportamentais) muito boas que utilizo no meu dia a dia e que também proponho para vários pacientes que atendo em reabilitação ou em terapia cognitiva. Vamos à listinha (adoro listinhas), divididas em duas etapas que você pode seguir:

Parte 1 – ORGANIZE-SE Parte 2 – ESVAZIE SUA MENTE
a) faça listinhas (risos)!

b) anote para cada dia e TODOS OS DIAS o que você precisa fazer

c) utilize uma agenda semanal, dessas que quando você abre vê a semana inteira (isso facilita muito a nossa vida, porque podemos ver como um todo como será a semana)

c.1) anote seus compromissos com cuidado na agenda, use, use, USE!

d) coloque pequenas metas diárias, tarefas que você sabe que irá cumprir

e) use um mind-map que auxilie você a focar no que é importante (anexado nesse post)

f) separe coisas que você precisa resolver em casa, no trabalho, na faculdade, na rua… etc.

g) use post-its, lembretes, canetas coloridas, marca-textos, clipes divertidos para você se inspirar e sentir que está se organizando

h) coloque-se prazos razoáveis e realistas para cumprir suas pequenas metas

i) utilize um quadro mensal com todos os dias do mês, faça anotações gerais de compromissos, dias de médico, ou pagamentos de conta

j) utilize aplicativos que tenham funções de elaborar listinhas, alarmes de lembretes

a) revise as tarefas do dia e o que você cumpriu

b) risque todas as que cumpriu

c) separe as que você não cumpriu e coloque para outro dia que você saiba que vai conseguir fazer

d) jogue fora os post-its com lembretes que você já cumpriu

e) limpe sua mesa de trabalho para o dia seguinte, deixe apenas o essencial

f) siga assim pelo próximo dia :)))

Ainda bem que tudo tem solução, né gente?!

Que tal se adotarmos algumas dessas estratégias? Tenho certeza que com organização, planejamento e esvaziamento do córtex pré-frontal nosso dia vai ficar um pouco mais leve, mais respirável, menos tenso e mais agradável (até rimou)!

Vamos cuidar para que nossas obrigações não se acumulem e possamos nos manter longe dos sinais de estresse, cansaço físico e mental. Uma vida organizada é tão mais legal, né!

AQUI VAI O MIND-MAP. DIVIRTAM-SE!

11406768_981995465158456_8595314481677533506_n

7 pensamentos sobre “Tá tudo uma bagunça! E agora?

  1. Boa noite Luciana, esse post vai me ajudar tanto. Hoje mesmo chorei porque o tempo está passando e eu não tenho metas para o futuro e estou desorganizada, deixo tudo pra última hora… Pretendo usar todas essas dicas porque já estou entrando em desespero.
    Obrigada🙂

  2. Gostei,era o que eu estava precisando no momento,veio a calhar.Obrigado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s